quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Preso, assassino confessa ter planejado morte de ex-namorada


Preso, assassino confessa ter planejado morte de ex-namorada
Leonardo Possato Bento comprou uma arma, revólver calibre 38, três dias antes do assassinato de Paola Souza Magnago, 20 anos

Leonardo Possato Bento, 23 anos, acusado de matar a
 ex-namorada, é preso na Bahia e levado para o DPJ de Linhares
"Alguns momentos ele se mostrou frio; em outros, ele chegou até chorar de arrependimento. Mas, na maioria das vezes, ele se mostrava ser uma pessoa bipolar". Esse foi o perfil traçado pelo delegado Fabrício Lucindo, após ouvir o depoimento de Leonardo Possato Bento, 23 anos, o qual confessou a polícia ter matado a ex-namorada, Paola Souza Magnago, 20 anos.

O rapaz teve a prisão temporária decretada, nesta quinta-feira (28). Ele irá ficar pelo menos cinco dias detido na delegacia de Polícia Judiciária (DPJ) de Linhares. O jovem prestou depoimento que durou aproximadamente duas horas e meia ao delegado Fabrício Lucindo.

De acordo com o Lucindo, Leonardo confessou ter planejado a morte da ex-namorada, quando ele comprou uma arma, revólver calibre 38, três dias antes do assassinato. "Ele explicou que, inicialmente, não era para usar o protótipo contra a namorada, mas era apenas uma autodefesa".

Paola Magnago, morta a tiros na
madrugada desta quinta-feira em Linhares
O delegado informou também que a conclusão do inquérito policial sairá, no máximo, até semana que vem. "Aproximadamente segunda ou terça-feira. Depois, encaminharemos para o poder judiciário para pedir a prisão preventiva, até a data do julgamento, onde o júri poderá absolvê-lo ou condená-lo".

Depoimento

Segundo o delegado, Leonardo declarou que no dia 7 de fevereiro, data do assassinato, os dois marcaram de se encontrar para discutir a relação. "O casal andava junto, quando, de repente, começaram a briga no meio da rua. Ela não concordou com as atitudes do ex-namorado e o empurrou, fazendo com Leonardo caísse no chão. Ainda segundo o rapaz, ele teria tirado o revólver do bolso e disparado uma bala para cima, que, acidentalmente, acertou as costas de Paola. Ele contou ainda que após se levantar, disparou mais cinco balas que acertaram a vítima".

O delegado informou que após o assassinato, Leonardo Possato Bento fugiu para Itaúnas, Norte do Espírito Santo. Lá, ele teria deixado o carro em um matagal e pegado uma carona até Pedro Canário, local onde ele teria jogado a arma do crime em um rio que corta a região. Após ter dado sumiço na arma, Leonardo seguiu para Teixeiras de Freitas, Sul da Bahia, onde alugou uma Kitnet por um mês.


Acusado de matar ex-namorada vivia em condições precárias em esconderijo

Leonardo Possato Bento, 23 anos, dormia no chão e cozinhava em uma lata de cereal


Preso nesta quarta-feira (27), na localidade de Teixeirinha, em Teixeira de Freitas, Bahia, o jovem Leonardo Possato Bento, 23 anos, acusado de ter matado a ex-namorada, Paola Souza Magnago, em Linhares, estava vivendo em condições precárias no esconderijo.

O rapaz, que estava foragido, se escondia em uma casa na cidade baiana, onde dormia no chão e cozinhava em uma lata de cereal. O local teria sido cedido por uma conhecida de Pedro Canário, município do Norte do Espírito Santo. 

Investigação da Polícia Civil de Linhares, comandada pelo titular de Delegacia de Polícia Judiciária, Fabrício Lucindo, revelaram que Leonardo, ao fugir, passou um dia na cidade, na casa dessa mulher, onde abandonou o carro. De lá, seguiu para Itaúnas, em Conceição da Barra. 

Já em Teixeira de Freitas, a polícia recebeu a denúncia de que o jovem estava frequentando uma Igreja Maranata da cidade. Duas viaturas com equipes da Polícia Civil de Linhares seguiram para a Bahia, onde os policiais fizeram campana. Leonardo Possato foi preso na porta da igreja, 15 minutos antes de começar o culto. 

Segundo o delegado, o rapaz demonstrou surpresa com a abordagem, mas não esboçou reação. Apenas se ajoelhou e colocou as mãos para trás. Ele foi algemado nas mãos e nos pés para evitar fuga. Fiéis que testemunharam a ação ficaram assustados, mas perceberam que se tratava de uma prisão. A operação contou com a participação de 18 policiais e apoio da polícia de Sooretama. 

Ainda de acordo com o Lucindo, o rapaz teria confessado a autoria do assassinato informalmente e declarado que estava arrependido. Leonardo alegou que cometeu o crime por ciúmes. Ele também teria dito que jogou a arma do crime em um terreno baldio, mas não revelou de quem recebeu.

Leonardo Possato Bento foi encaminhado ao DPJ de Linhares, onde prestará depoimento às 15h para o delegado Fabrício Lucindo. O titular da delegacia afirmou que pretende concluir o inquérito ainda nesta quinta-feira (28), para encaminhá-lo ao Ministério Público, pedindo a prisão preventiva do rapaz. Assim que prestar os esclarecimentos à polícia, o jovem será levado para o presídio do município para aguardar a decisão da Justiça.

O acusado não quis falar com a reportagem e declarou que só vai se pronunciar em juízo. O advogado dele, Esmeraldo Melo Filho, disse que conversou ligeiramente com o cliente. Ele informou que está acompanhando o processo, mas, por enquanto, nada pode ser dito.

No DPJ de Linhares, o pai de Paola, Vagner Benha Magnago, se mostrava aliviado com a prisão do acusado. "Eu poderia dizer que estou com raiva, mas não estou. Tenho pena da alma dele. Que Deus perdoe ele. A prisão não traz a minha filha de volta, mas dá alívio. Ele merece a cada dia pensar sobre que fez", disse.
Foto: Samira Ferreira
Emocionados, os pais de Leonardo e Paola se abraçaram na frente do DPJ
Já o pai do rapaz, o lavrador José Bento da Costa Neto, 48 anos, estava emocionado. Ele ainda não viu o filho, mas disse que a sua provável reação será o choro. "A gente sofre junto (com a família da vítima), porque só quem é pai pode sentir isso. Ninguém está livre disso. A gente pede força porque não é fácil"

José Bento revelou ainda que, mesmo antes de conhecer a ex-namorada Paola, a família acreditava que o rapaz precisava de acompanhamento médico.

O caso

Paola Souza Magnago, 20 anos, foi morta por volta de 4h30, do dia 7 de fevereiro, no bairro Pamital, em Linhares. A Polícia Militar foi acionada por populares e encontrou a vítima caída de bruços na rua. A jovem, de acordo com a PM, apresentava seis perfurações nas costas provocadas por disparos de arma de fogo. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas a jovem já estava morta. 
Familiares de Leonardo vinham se comunicando com ele, por meio de mensagens de celular, pedindo que ele se entregasse. A prisão do rapaz estava sendo negociada desde o último domingo, segundo parentes. Segundo os familiares do suspeito de homicídio, Leonardo dizia que estava arrependido de ter matado a namorada e que pretendia se entregar o mais rápido possível.

Leonardo não aceitava o fim do namoro e ameaçou a ex-namorada várias vezes. Em uma ocasião anterior, de acordo com o delegado Fabrício Lucindo, ele foi ao local de trabalho da jovem e chegou a apontar a arma para a moça, que conseguiu escapar porque um carro passou na frente de Leonardo, que não conseguiu fazer o disparo.

Segundo a família de Paola, a jovem era constantemente ameaçada depois do fim do namoro. O pai dela chegou a ir três vezes à delegacia para registrar um boletim de ocorrência, mas não teve sucesso.

ProtestoA família de Paola Magnago, que desde o dia do crime usou as redes sociais para divulgar a foto do suspeito, agora lançou uma campanha na internet, a fim de mobilizar pessoas contra violência envolvendo mulheres.

Marcaram, para o próximo dia 9 de março, uma passeata. O protesto está agendado para as 9 horas, na Praça 22 de Agosto, em Linhares. “Vamos nos unir com outras famílias para que juntos possamos tentar evitar tragédias como ocorreu com a minha irmã Paola Magnago. Quanto mais pessoas, melhor. Queremos a imprensa lá para alertar a população e cobrar mais proteção da polícia”, convocou Luana, irmã de Paola Magnago, pelo Facebook.
Fonte: A Gazeta


Amor. É possível parar de amar alguém?


O amor é lindo, só que nem sempre. Não sei se existe um estudo científico sobre isso, mas algumas pessoas concordariam que parecem existir mais amores não correspondidos do que finais felizes no mundo.
Em vez de intimidade, parceria e carinho, o que nos resta é rejeição e sofrimento. O que fazer nesses momentos?
Embora não exista nenhuma cura rápida para coração partido, especialistas dizem que é possível se “desapaixonar”. Confira as melhores maneiras de parar de amar alguém:

Largando o vício

Você pode sentir que o amor é algo além de seu controle, mas pesquisas psicológicas mostram que há, na verdade, formas de domar esse sentimento selvagem. A antropóloga Helen Fisher, da Universidade Rutgers (EUA), por exemplo, trabalhou com neurocientistas para produzir imagens do cérebro das pessoas enquanto elas estão apaixonadas, e descobriu que os sentimentos de amor intenso ativam a uma região do cérebro (núcleo accumbens) associada com recompensas e vícios.

Ou seja, o amor ativa as partes do nosso cérebro que também são ativadas no cérebro de viciados em cocaína e cigarro quando eles antecipam a sensação de se drogar ou fumar. Por conta disso, Fisher recomenda tratar seu amor do jeito que você trataria um vício: jogando fora cartões e cartas, ou escondendo-os em um armário. “Se você está tentando parar de ingerir álcool, você não deixa uísque em sua mesa”, explica. Idealmente, você quer parar de pensar na pessoa totalmente, então precisa se livrar de objetos que a lembrem.
Também é necessário não procurar seu ex, seja na internet ou na vida real, permanecendo o mais distante possível.

Mudando de pensamento

É fácil jogar suas memórias em uma caixa e tentar não abri-la. Evitar de pensar na pessoa, entretanto, é bem mais difícil.
Porém, segundo o psicólogo Robert Sternberg, da Universidade Estadual de Oklahoma (EUA) e autor de “A Teoria Triangular do Amor”, existem algumas coisas que você pode fazer para tornar a tarefa mais acessível.
Uma delas é refletir sobre o fato de que relações nunca podem funcionar a menos que ambas as pessoas estejam dispostas a fazê-las funcionar. Ou seja, você e a pessoa que você quer esquecer nunca teriam dado certo.
Outra coisa superimportante é manter-se ocupado. Não se dê tempo de pensar na pessoa: vá fazer algo melhor do seu dia. Estude, leia, saia, conheça outras pessoas, etc.
Encontrar alguém também ajuda a evitar que você pense no seu amor antigo. No entanto, Sternberg alerta para o risco de que parceiros transitórios geralmente não acabam sendo parceiros permanentes (aquelas pessoas que você conhece entre um relacionamento e outro).
Por fim, caso se veja pensando sobre a pessoa, seja rápido em enfatizar suas características negativas. Assim, você deve perceber, a longo prazo, que teve sorte em ter saído desse relacionamento.

Se nada disso adiantar, aguarde pela “pílula do desamor”…

O psiquiatria Thomas Lewis, da Universidade de São Francisco (EUA) e coautor do livro “Uma Teoria Geral do Amor”, suspeita que não há nada que uma pessoa possa fazer para se “desapaixonar” por alguém, da mesma forma que não há nada que uma pessoa bêbada possa fazer para ficar sóbria.
“Apaixonar-se é um estado semelhante de intoxicação, e é bem possível demonstrar, em estudos de neuroimagem, que áreas do cérebro que controlam julgamento crítico e processam emoções negativas são suprimidas durante o estado da paixão. Assim, em geral, nenhuma quantidade de raciocínio, e nenhuma quantidade de evidências sobre quão nociva a outra pessoa realmente é acabam penetrando na cabeça de alguém que está apaixonado”, sugere.
Basta pensar na famosa frase “O amor é cego” para saber que Lewis está certo. Mas nem tudo está perdido.
“Eu disse que não há nada que a pessoa possa fazer, por si só, para parar de amar. Mas acho que é possível que medicamentos modernos que alteram neurotransmissores, inclusive alguns que provavelmente não foram inventados ainda, possam interromper o estado de se apaixonar”, opina.
Lewis cita a recente descoberta de uma molécula (dihydromyricetin, em inglês) que, quando administrada, impede ratos de ficarem intoxicados quando bebem álcool. Eles podem beber o quanto quiserem, mas praticamente nada acontece a sua função cerebral (embora algo possa acontecer a seus fígados).
“Se é possível evitar que o álcool seja inebriante, então eu suspeito que é, pelo menos teoricamente possível, impedir que o amor seja inebriante, embora também suspeite que o amor possa ser mais complexo do que a embriaguez habitual”, diz.
Ou seja, o amor poderia exigir mais ajustes em neurotransmissores, além de alterações nos sistemas de dopamina, opioide endógeno e ocitocina.
Pode ser interessante pensar em uma “pílula” para se desapaixonar, mas essa solução certamente está no futuro – se é que vai chegar ao mercado um dia.

…ou aposte na única cura confiável: o tempo

Por menos romântico que isso possa soar, é verdade: o amor não dura. Cada um dos especialistas que opinou neste artigo notou que raramente param para pensar em como se “desapaixonar”. Em vez disso, eles geralmente se perguntam como duas pessoas podem permanecer apaixonadas ao longo do tempo.
Esta é uma boa notícia para os que querem afastar a sensação dolorosa da rejeição. Geralmente, a intensidade apaixonada do amor não dura. Claro, pode se aprofundar em um relacionamento duradouro ou casamento, mas nunca vai permanecer tão intensa quanto é durante o começo da relação.
Fisher explica que há verdade no velho ditado de que o tempo cura, mesmo em um nível neurológico. Ela e sua equipe descobriram que as pessoas que haviam sido rejeitadas mostravam atividade reduzida ao longo do tempo no paládio vental, uma área do cérebro associada com sentimentos de apego.
Para ajudar o seu cérebro com esse “desapego”, faça bastante exercício físico para liberar hormônios como a dopamina. E abrace muito seus amigos: o toque é uma maneira de circular ocitocina em seu sistema, hormônio que poderia ajudá-lo a se sentir mais calmo.
“Para melhor ou para pior, a fase apaixonada não dura para sempre, não importa se queremos isso ou não. Portanto, se você se vê preso ao fardo de estar apaixonado pela pessoa errada, pode encontrar algum consolo no fato de que, algum dia no futuro relativamente próximo, você estará livre”, comenta Lewis.[io9]

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Ex-BBB vira pastora e chora ao lembrar de fotos na 'Playboy'


Ex-BBB Natália Nara vira pastora e chora quando lembra de ensaio na 'Playboy'
Natália foge da fama e diz estar arrependida de ter participado do reality show

Natália Nara é uma ex-BBB que não quer nem saber de ouvir falar sobre o Big Brother. Segundo o jornal Extra, a morena, que ganhou o título de Iracema de Fortaleza na quinta edição do programa, se nega a falar sobre o programa.

O maior arrependimento para ela, que hoje é pastora da Igreja Bola de Neve, foi ter feito as fotos para a Playboy quando saiu do programa. “Ela não quer mais saber de ‘BBB’, mas o que ela mais lamenta é o fato de ter posado nua. Ela chora só de lembrar. Esse programa só fez mal a ela e atrapalhou os estudos”, diz dona Neide, mãe de Natália.

Foto: Reprodução
Natália Nara quando participou do programa e posou para a Playboy

A ex-BBB, que agora assina cmo Natália Prada, está casada com um membro da igreja e finaliza a faculdade de Jornalismo. Ela também quer seguir com a carreira de pastora e fazendo testemunhos de sua vida. “Agradeço a lembrança, mas não tenho mais nada a falar. Tem outros BBBs mais recentes para vocês entrevistarem”, disse ela ao jornal Extra.

Foto: Reprodução
Ex-BBB hoje assina como Natália Prada e é pastora da Igreja Bola de Neve

Fonte: GAZETA ONLINE

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Padre mantinha relações sexuais com menor e depois celebrava missas


Padre mantinha relações sexuais com menor e depois celebrava missas: ‘Eu sentia nojo’, diz vítima
Abusos a coroinha teriam ocorrido desde o batismo dela. A Arquidiocese de Niterói suspendeu temporariamente o sacerdote

Vítima filmou padre com menina de 15
anos para levar à polícia Foto: Reprodução
Foram seis anos de uma relação de abusos que a jovem, hoje com 19 anos, quer esquecer. Com o padre Emilson Soares Corrêa, indiciado por estupro de vulnerável, a vítima resolveu falar sobre seu drama que começou aos 13 anos.

- Eu sentia nojo. Ele nunca deveria ter feito isso comigo. O pior é que ele mantinha relações sexuais comigo e depois celebrava missa, dava hóstia na boca dos outros - conta a jovem.

As relações começaram quando Emilson era pároco da igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, no Cubango, em Niterói. Depois, quando ela se mudou para a casa da mãe, em São Gonçalo, o padre também foi transferido para uma paróquia próxima, a Nossa Senhora do Amparo, no bairro Antonina.

Era na casa paroquial das duas igrejas que o padre abusava dela, sua afilhada de batismo. Para convencê-la a ficar com ele, o padre oferecia presentes:
- Logo depois do meu batizado, quando eu tinha 13 anos, ele começou os abusos. Passava a mão no meu corpo, me oferecia vários presentes, tomávamos banhos juntos... O ato sexual começou quando eu tinha uns 15,16 anos. Ele dizia que ia me dar uma moto, depois um carro, arrumou a minha casa...

Padre é indiciado por abuso de menina de 7 anos
Emilson Soares Corrêa foi indiciado pelo estupro da irmã da jovem que decidiu desabafar. A menina, hoje com 10 anos, foi abusada quando tinha 7 anos.
O EXTRA teve acesso a um vídeo, feito pela vítima mais velha, que mostra Emilson fazendo sexo com uma adolescente em plena casa paroquial. Segundo a vítima, que armou a situação para denunciar o padre, a garota teria 15 anos.

Padre também era padrinho da vítima Foto: / Reprodução 
A denúncia foi levada à delegacia pelo pai das meninas. Segundo ele, foi sua ex-mulher que flagrou a filha mais velha discutindo com o padre. Na ocasião, ela revelou à mãe que se relacionava sexualmente com o padrinho.

- Quando soube que minha filha mais velha estava sendo abusada, perguntei à mais nova se havia ocorrido algo com ela. Ela disse que durante um passeio a um sítio, quando tinha sete anos, o padre tocou em sua partes íntimas - contou ele.

Sacerdote é suspenso pela Arquidiocese
Diante da denúncia, a Arquidiocese de Niterói informa que decidiu pela "suspensão temporária do sacerdote". Atualmente, o padre não é responsável por nenhuma paróquia. O órgão também alegou, em nota, que a acusação está sendo investigada e que "o próprio sacerdote levou a denúncia ao conhecimento do Ministério Público, para que apure a veracidade ou não da mesma".

A delegada Marta Dominguez disse que só aguarda um depoimento do pai das vítimas para encerrar o inquérito. O padre foi procurado em quatro números de telefone - inclusive aqueles citados em seu depoimento - mas não foi encontrado

EXTRA


Um padre de 56 anos foi indiciado após ser flagrado fazendo sexo na casa paroquial, na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro. Emilson Soares Corrêa teria se relacionado também com duas irmãs, uma quando tinha sete anos, e a outra desde os treze. As informações são do jornal Extra.

Uma das meninas, hoje com 19 anos e que era coroinha da igreja, teria dito à família que mantinha relações com o padre, que também é seu padrinho de batismo, desde quando foi batizada, em troca de sorvetes e passeios. Ao saber do episódio, a família questionou a irmã menor, e descobriu que ela também havia sido abusada aos sete anos.

Emilson era o responsável pela Paróquia Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, em Niterói, e mantinha relações sexuais dentro da casa paroquial. A evidência veio, segundo o Extra, de um vídeo gravado pela própria vitíma, em que o padre aparece praticando sexo com uma amiga dela, outra adolescente, de 15 anos.

O pai das meninas levou o vídeo e a denúncia à delegacia. O padre confessou as relações sexuais, mas garantiu que os encontros ocorreram somente quando ela completou 18 anos, por "envolvimento emocional".

A Arquidiocese de Niterói suspendeu temporariamente o sacerdote e informou que ele mesmo levou a denúncia ao Ministério Público, para que a veracidade seja apurada.

Fonte: gazeta online

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Dançarinas do “Domingão do Faustão” são demitidas por excesso de peso

Dançarinas do “Domingão do Faustão” são demitidas por excesso de peso 

A tristeza tomou conta do ensaio do balé do programa “Domingão do Faustão”. Oito bailarinas foram demitidas da atração. As informações são da coluna “Retratos da Vida”, do jornal “Extra”, desta terça-feira (29).


Ainda de acordo com a publicação, duas das oito bailarinas foram dispensadas por apresentarem quilinhos a mais. Elas são Lívia Bueno e a capa da “Sexy” de novembro, Kamilla Covas.

Os quilinhos a mais de Lívia são justificados porque a bailarina está grávida de algumas semanas. Já Kamilla garante que sua saída foi devido a uma renovação no quadro.

“Estou há três anos lá e sai num bom momento. Houve um boato sim, de que duas estariam acima do peso, mas não sei quem são”, disse ao jornal.

Os nomes que completam a lista das garotas dispensadas são: Rachel Gutvilen, que dividiu a capa da “Sexy” com Kamilla; Roberta Appratti, que participou da “Dança dos Famosos”, em 2011; Helen Cris; Patrícia Gonçalves; Marcela Teixeira e Brunella Andra

Brunella Andrade e Livia Bueno (Foto: Divulgação)

Marcela Teixeira e Roberta Appratti (Foto: Divulgação)

Helen Cris e Patricia Gonçalves (Foto: Divulgação)

Fonte: ocomico.net

10 casos bizarros de transplantes de órgãos

Quando um paciente precisa receber um órgão de outra pessoa para salvar a própria vida, nem sempre pode se dar ao luxo de escolher todas as condições da operação. Ao longo da história, foram registrados alguns casos onde um transplante acabou sendo de uma maneira um pouco diferente do que os pacientes haviam imaginado. Confira uma lista com dez destas inusitadas situações:

10 – A MULHER QUE RECEBEU UM RIM DA AMANTE DO MARIDO
Meliha Avici era uma mulher turca que estava casada por quatro anos. Um belo dia, um de seus rins parou de funcionar, iniciando um período de sofrimento que incluía diálises de quatro horas de duração, três vezes por semana. Durante esse período, o marido de Meliha, Mehmet, conheceu outra mulher. Ele manteve relações com a amante e a fez se mudar para a casa da mãe dele, disfarçada de babá do filho de Meliha.
Quando a esposa descobriu a traição, já estava conformada com o próprio estado de saúde, e autorizou que Mehmet se casasse novamente após a morte dela. Mas Meliha não morreu, justamente porque a amante, Imdat, doou a ela um de seus rins. “Nós dividimos um marido, agora dividimos também um rim”, declarou Imdat sobre o motivo da doação.



9 – A MEDULA DOADA EM TROCA DA MUDANÇA DO TIME DO CORAÇÃO

O inglês Paul Warburton era, aos 59 anos, um fanático torcedor do Manchester City. Quando ele precisou de um transplante de medula óssea, seu irmão Martin se prontificou imediatamente a fazer a doação. Mas com uma condição: Paul deveria largar a paixão pelo Manchester City e passar a torcer pelo arqui-rival Manchester United, time de Martin. O transplante foi feito, Paul se salvou da leucemia, e os dois irmãos torcem agora pelo mesmo clube.



8 – A MENINA QUE TEVE A MÃO COSTURADA À PERNA POR TRÊS MESES

A pequena chinesa Ming Li, de 9 anos, estava indo para a escola quando foi atropelada por um trator e perdeu a mão esquerda. Havia esperança de reimplantá-la, mas o braço estava muito ferido, era preciso esperar ele melhorar um pouco. Enquanto o braço se recuperava, a solução foi implantar a mão da garota em sua perna. Durante três meses, a menina teve uma mão saindo do próprio tornozelo.
A boa notícia é que a operação para reunificar a mão ao braço foi um absoluto sucesso. Ming Li já consegue mexer os pulsos novamente, e deve apenas fazer duas cirurgias para melhorar as funções motoras e remover cicatrizes.


7 – O HOMEM QUE TIROU FORA SEU PÊNIS TRANSPLANTADO PORQUE A MULHER NÃO APROVOU

2006 foi um marco na cirurgia como o ano do primeiro transplante de pênis da história. O paciente, de 44 anos de idade, teve que se submeter à cirurgia porque um acidente o havia deixado com um pênis danificado de um centímetro de comprimento, o que o impedia até de urinar.
Na cirurgia, os doutores levaram 15 horas para implantar no paciente um pênis doado pelos pais de um rapaz de vinte, que havia falecido recentemente. Depois de dez dias, o fluxo de sangue pelo novo pênis estava normal e o homem podia urinar normalmente.
Entretanto, se o corpo do homem aceitou o novo membro, a esposa do paciente o rejeitou. Não mais do que duas semanas depois do transplante, eles removeram o pênis cirurgicamente devido a “severos problemas psicológicos” da mulher em relação à novidade.

LONDRES (Reuters) - Cirurgiões chineses que reivindicaram o primeiro transplante peniano bem-sucedido da história tiveram que remover o órgão doado por causa dos problemas psicológicos que ele causou ao paciente e à sua mulher.

O dr. Weilie Hu e os cirurgiões do hospital geral de Guangzhou, na China, fizeram a operação complexa de 15 horas em um homem de 44 anos, que havia danificado o pênis em um acidente. Tanto o homem quanto sua esposa pediram a cirurgia. Ele não conseguia manter relações sexuais nem urinar adequadamente desde o acidente, ocorrido oito meses antes do transplante.

A microcirurgia para conectar o pênis, que foi doado pelos pais de um homem de 22 anos com morte cerebral, obteve sucesso, mas Hu e sua equipe removeram-no duas semanas depois.

"Por causa do problema psicológico grave do paciente e de sua esposa, o pênis transplantado teve que ser removido, infelizmente", declarou Hu em um relatório, divulgado pela versão eletrônica do jornal European Urology, sem dar mais detalhes.

"Esse é o primeiro caso registrado de transplante peniano em humanos", acrescentou Hu.

Dez dias depois da operação, que havia sido aprovada pela comissão de ética do hospital, o paciente conseguia urinar. Não houve sinais de o órgão, de 10 centímetros, ter sofrido rejeição pelo corpo do homem.

"Mas o paciente decidiu desistir do tratamento, por causa da rejeição psicológica da esposa e do inchaço no pênis transplantado", acrescentou Hu.

(Por Patricia Reaney)


6 – O HOMEM QUE DOOU UM RIM À SUA CAIXEIRA FAVORITA
O americano Dan Coyne frequentava o mesmo supermercado há 18 anos, e sempre gostava de passar suas compras com uma caixeira específica, a funcionária Myra de La Vega. Um belo dia, conversando sobre saúde, ela lhe contou que estava fazendo diálise, e ele se prontificou imediatamente a doar um de seus rins! Como o rim da irmã de Myra não era compatível, não restou outra alternativa senão aceitar a oferta de Dan Coyne, que acabou salvando a vida da mulher que passara suas compras durante tanto tempo.



5 – A MULHER SALVA POR UM TRANSPLANTE DE FEZES

O médico Alexander Khortus diagnosticou, em uma paciente, um complicado caso de infecção por Clostridium, uma nociva bactéria que ataca todo o sistema digestivo. Não havia chance de fazer um transplante de estômago ou intestino, mas Khortus encontrou uma solução criativa.
Ele coletou fezes do marido da paciente, preparou uma solução salina em que as bactérias intestinais estivessem presentes, e “transplantou” as fezes no cólon da mulher. Em pouco tempo, a biologia fez seu serviço, a diarréia limpou os órgãos e a infecção sumiu.


4 – A MULHER QUE DEU À LUZ COM O ÚTERO DOADO PELA MÃE

Eva Ottoson era uma mulher saudável, com um útero normal, e teve uma filha, Sarah. A menina Sarah, no entanto, não teve a mesma sorte: uma rara anomalia genética fez com que ela nascesse sem útero! Agora, já adulta, ela terá que receber um de transplante, pois decidiu engravidar. E o útero que será implantado em Sarah é exatamente o mesmo do qual ela nasceu: é o útero de Eva.
Haverá duas cirurgias, ambas programadas ainda para 2012. A primeira é uma histerectomia, destinada a retirar o útero de Eva. A segunda, mais complicada e arriscada, é a implantação do útero em Sarah. Os médicos alertam para os perigos deste procedimento inédito.


3 – O HOMEM QUE PEDIU O RIM DE VOLTA À ESPOSA QUE O TRAIU

O casal Richard e Dawnell Batista vivia feliz até que o dia em que a mulher precisou de um transplante de rim. Richar doou contente e Dawnell sobreviveu, mas o casamento duraria apenas mais quatro anos até eles se divorciarem porque Dawnell estava traindo seu marido com outro homem.
De coração partido e com um rim a menos, Richard exigiu de Dawnell que ela devolvesse o órgão doado. Como isso pareceria ridículo, ele concordou em pedir uma indenização de 1,5 milhões de dólares pela perda que sofreu. O caso segue na justiça.


2 – A MENINA CUJO TIPO SANGUÍNEO MUDOU DEPOIS DE UM TRANSPLANTE

A australiana Demi Lee Brennan, de 15 anos, teve seu fígado destruído por um vírus. Ela teria apenas 48 horas de vida se não recebesse um transplante imediatamente, mas o único doador disponível tinha um tipo sanguíneo (O+) diferente do dela (O-), o que significava que Demi teria que tomar remédios antirrejeição do órgão pelo resto da vida.
Incrivelmente, depois de nove meses nesta nova realidade, aconteceu um milagre. Os médicos descobriram que o sangue de Demi é que se adaptou ao novo fígado! Ela deixou de ser O negativo e passou a ser O positivo, o que a livrou da preocupação eterna do corpo rejeitar o novo fígado.


1 – A MENINA QUE JÁ TEVE TRÊS CORAÇÕES

Dezesseis anos de idade, terceiro coração desde o nascimento. Estes são os dados da britânica Debbie Ward. Com apenas quinze meses de idade, ela teve de ser submetida ao primeiro transplante porque seu coração original não possuía a Valva Tricúspide, que é responsável por conduzir o sangue para o lado direito.
Debbie viveu bem com o novo coração por mais de dez anos. Certo dia, no ônibus da escola, ela começou a se contorcer em dores no peito: as artérias do novo coração da garota estavam entupindo sem razão aparente. Pela terceira vez, Debbie foi forçada a trocar de coração aos 15 anos de idade. Mais uma vez ela sobreviveu, e já declarou que quer ser uma enfermeira pediátrica quando crescer.  [Oddee]



Filha de "Cicarelli de Rio das Ostras" não fala mais com a mãe


Filha de "Cicarelli de Rio das Ostras" não fala mais com a mãe
Wanderlea dos Santos Silva, 41 anos, também está com medo de perder a guarda dos filhos

Wanderlea dos Santos Silva, 41 anos, a “Cicarelli de Rio das Ostras, está com medo de perder a guarda dos filhos após a grande repercussão do vídeo em que ela aparece "namorando" na praia, em Rio das Ostras, no Rio, durante o carnaval. Em entrevista ao jornal Extra, Wanderlea revelou temer pelos filhos gêmeos, de nove anos de idade. A outra filha, de 19 anos, não fala mais com a mãe após o episódio.

Veja o vídeo no final da reportagem

"Minha filha nem quer falar mais comigo. E nem sei como será amanhã, com meus filhos voltando para a escola, porque os amiguinhos deles me conhecem”. A mulher disse, ainda, que não liga para o julgamento das pessoas. “Pedi ao meu Deus para cuidar de mim, porque só ele pode ser meu advogado neste momento".

Perdão

O companheiro de Wanderlea, Johne Max Geraldo dos Santos, 38, perdoou a traição, alegando que é melhor saber pela própria mulher do que pelas outras pessoas. "É fácil falar, difícil é ser eu. Quero ver pagar minhas contas. Sou um cara muito tranquilo, não vou dar ouvidos a isso, já falei para ela fazer o mesmo", disse Max ao jornal Extra.

Fonte: gazeta online

Bandidos assaltam casa em João Neiva, no Norte , bebem cerveja e ainda reclamam da bebida quente


Bandidos assaltam casa, bebem cerveja e ainda reclamam da bebida quente
A ação criminosa durou cerca de duas horas. Quatro moradores foram feitos reféns

Quatro bandidos armados invadiram uma casa no bairro Monte Seco, que fica às margens da BR-101, em João Neiva, Norte do Estado, e fizeram quatro moradores reféns. Eles roubaram dinheiro, eletrônicos e o carro da família, que foi encontrado depois. Mas o que chamou a atenção das vítimas foi a ousadia dos criminosos. Durante o tempo que passaram dentro do imóvel, cerca de duas horas, eles fizeram pizzas, tomaram cerveja e ainda reclamaram que a bebida estava quente.

O dono da casa, um engenheiro mecânico de 52 anos, contou que estava assistindo a uma partida de futebol na televisão em um cômodo, quando os ladrões chegaram. O filho dele estava na sala com a namorada e também foram rendidos. A mulher estava no vizinho e foi rendida quando chegava em casa.

Os criminosos, segundo o engenheiro, abriram o congelador e pegaram as pizzas. Eles também pegaram as cervejas que estavam na geladeira e, ao tomarem a bebida, reclamaram que estava quente. Enquanto isso, as vítimas ficaram amarradas e deitadas no chão.

Os bandidos roubaram televisão, tablet, celulares, R$ 700 em dinheiro e relógios. Eles colocaram tudo no veículo da família que estava na garagem e fugiram para o município da Serra, na Grande Vitória. O carro foi encontrado nesta segunda-feira, em uma mata perto da casa.

Durante a ação, os criminosos contaram para a família que estavam escondidos há dias no mato. Segundo a Polícia Militar de João Neiva, foram feitas buscas e a PM da Serra também foi avisada. Até o momento, ninguém foi preso.

Fonte: Gazeta Online

Motel ambulante a R$1,99 na grande Vitória. Veja

Sem grana para o motel? A solução está dentro de uma Kombi, em um bairro de Viana. Pode acreditar! 

Na cidade um empreendedor colocou o próprio veículo à disposição dos casais apaixonados

Na localidade de Arlindo Villaschi, em Viana, um "empreendedor" arranjou um jeito diferente para ganhar dinheiro. Ele simplesmente colocou a própria Kombi à disposição de casais dispostos a fazer amor de maneira barata. Resta saber se é confortável, mas pelo preço cobrado não dá para exigir muita

Foto: Silva Ferreira 
coisa.

9 benefícios da Spirulina para o organismo


Spirulina é rica em proteínas e um poderoso antioxidante
Componente ajuda a dar saciedade e é consumido em cápsulas

Velha conhecida dos nutricionistas, a spirulina havaiana é comumente chamada de alga, quando na verdade ela é uma cianobactéria - bactéria capaz de fazer fotossíntese, como as plantas. O nutrólogo Roberto Navarro, da Associação Brasileira de Nutrologia, afirma que a spirulina é indicada para quem faz dieta hipocalórica, como uma forma de complementar o consumo de nutrientes. "Além disso, ela também é consumida por pessoas que estão se recuperando de cirurgias ou então alcoólatras, que precisam de um aporte nutricional maior", diz. No geral, ela é manipulada e receitada na forma de cápsula, e o consumo fica entre 500 até 2000mg por dia. Conheça todos os nutrientes presentes na spirulina e os benefícios que ela traz para o organismo:

Ajuda na saciedade

O nutrólogo Roberto Navarro, da Associação Brasileira de Nutrologia, explica que a spirulina contém uma substância chamada fenilalanina, que estimula a saciedade. "Quando consumida, ela forma uma espécie de gel no estômago, que desacelera o esvaziamento gástrico e diminui a fome", diz. Para atingir esse objetivo, o consumo deve ser feito antes das refeições.


Rica em proteínas

"Ela é rica nos chamados aminoácidos essenciais, que são aqueles que nosso organismo não consegue sintetizar, e portanto temos que buscar na alimentação", afirma o nutrólogo Roberto Navarro. A spirulina é composta de 53 a 62% de proteínas, muitas delas comparáveis as proteínas encontradas no leite e na soja. Ela é inclusive indicada como suplemento alimentar para atletas, explica o especialista.


Poderoso antioxidante

Um artigo europeu publicado na revista científica online Real Raw Food afirma que três gramas de spirulina têm mais antioxidantes e anti-inflamatórios do que cinco porções de frutas e vegetais. De acordo com os autores, comparando os níveis de fitonutrientes (antioxidantes encontrados em vegetais, também conhecidos como isoflavonas, carotenoides, e flavonoides), a spirulina é 31 vezes mais potente do que o mirtilo, 60 vezes mais potente do que o espinafre e 700 vezes mais potente que a maçã. Os antioxidantes ajudam a combater os radicais livres e auxiliam nos processos inflamatórios, ajudando a manter a pele jovem e prevenindo doenças como o câncer.


Cálcio para os ossos

A spirulina tem 180% mais cálcio do que o leite nas mesmas quantidades, segundo comprovou uma pesquisa de 2011 desenvolvida pelos pesquisadores da farmacêutica Cyanotech Corporation, nos Estados Unidos, e publicado na Real Raw Food. O cálcio é um importante aliado no fortalecimento dos ossos, contribuindo na prevenção da osteoporose. "Entretanto, que as melhores fontes de cálcio são os derivados de leite, justamente porque as quantidades de spirulina que deveriam ser ingeridas para ter os mesmos efeitos estão acima do recomendado", lembra o nutricionista Israel. Avaliando a tabela nutricional, a spirulina tem 10mg de cálcio para cada 3g.


Diminui o colesterol

De acordo com o nutricionista Israel Adolfo, de São Paulo, a spirulina contém ácidos graxos essenciais da família do ômega 6. "O principal deles é o gama-linolênico, que notoriamente ajuda a reduzir e prevenir o acúmulo de colesterol", diz. Uma revisão de estudos sobre a spirulina publicada em 2011 na revista online Hindawi Publishing Corporation afirma que seu consumo pode ajudar a reduzir o colesterol ruim (LDL). A análise foi feita por pesquisadores europeus da Liverpool University Hospitals, na Inglaterra, em parceira com o Hippocrateio Hospital e a University of Ioannina, ambos na Grécia.


Mais betacaroteno que a cenoura

"A spirulina apresenta quantidades significativas de betacaroteno, substância que pode ser convertida em vitamina A, e assim produzir seus efeitos", explica o nutricionista Israel. A vitamina, por sua vez, ajuda na produção e manutenção dos fios de cabelo, dentes, gengiva, glândulas, membranas, mucosas, olhos e pele. "Ela também é necessária para visão noturna e para podermos diferenciar as cores, além de ser essencial para o sistema imune", completa. A pesquisa da Cyanotech Corporation afirma que a spirulina tem 3.100% a mais de betacaroteno do que cenouras na mesma quantidade. Ainda que a spirulina seja uma fonte muito rica deste nutriente, vale ressaltar que não é possível mensurar quanto de betacaroteno será transformado em vitamina A, cuja necessidade diária é de 800mcg.


Mais ferro que o espinafre

A mesma pesquisa que fala sobre o cálcio menciona que a spirulina contém cerca de 5.100% mais ferro que o espinafre nas mesmas quantidades. O ferro atua no transporte de oxigênio no organismo e previne problemas como anemia, dor de cabeça e cansaço. Uma porção de spirulina contém cerca de 6,5mg de ferro, cuja necessidade diária varia de 11mg a 8mg para homens conforme a idade e de 15mg a 18mg para mulheres conforme a idade.


Cérebro funcionando com magnésio

"Estudos afirmam que a spirulina tem cerca de três a 15 vezes mais magnésio do que o arroz e as farinhas de trigo, milho e soja", explica Israel Adolfo. Dentre as funções do magnésio, estão atuar no funcionamento dos nervos e músculos, manutenção do ritmo cardíaco e resistência óssea, síntese de proteínas e regulação da pressão arterial. Cada 2g de spirulina contém 10mg de magnésio.


Zinco para fortalecer a imunidade

Essencial para o fortalecimento do sistema imunológico e com poder anti-inflamatório, o zinco é outro nutriente presente na spirulina (60mcg para cada 2g). "Seu teor de zinco é de quatro a 24 vezes maior do que as farinhas de trigo, milho e soja", afirma o nutricionista Israel. Nosso corpo precisa de 8mg diariamente.

Fonte: Minha Vida

Bailarinas demitidas do “Domingão do Faustão” podem virar panicats

Kamilla Covas na Revista Sexy

Depois de serem dispensadas do balé do “Domingão do Faustão”, Kamilla Covas, Roberta Apratti e Helen Cris estão tentando a chance de voltar para os palcos. De acordo com a coluna “Retratos da Vida”, do jornal “Extra”, as gatas foram vistas fazendo testes para serem as novas panicats.

Segundo a publicação, elas já participaram de algumas avaliações para fazerem parte do humorístico da Band. Informações do jornal garantem que as bailarinas foram limadas do programa de Fausto Silva por estarem um pouquinho acima do peso.

Na tarde da última terça-feira, dia 19, a atual panicat Carol Belli anunciou seu desligamento do “Pânico”. O fato só deu mais força para os rumores de que os produtores da atração estão reciclando o time de beldades.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Corintiano menor de idade vai dizer que fez disparo acidental e que não houve revista na Bolívia

Ricardo Cabral, advogado da Gaviões da Fiel, confirmou ao blog que um garoto de 17 anos irá se entregar à Justiça brasileira nesta segunda como autor do disparo de sinalizador que matou Kevin Douglas Beltran.

“Ele já queria se entregar na Bolívia, mas como estava sob responsabilidade da torcida, a primeira preocupação foi entregar o garoto para a família”, disse Cabral.

Segundo ele, o menor alega que houve um disparo acidental. Ele afirma ter comprado seis sinalizadores de um camelô na Rua 25 de Março, em São Paulo. Só que dois deles eram de um modelo que o torcedor não conhecia, disparado com a retirada de uma trava de segurança. O corintiano tentava descobrir como fazia o disparo quando houve o acidente.

“Ele nunca tinha usado esse tipo de sinalizador. Foi acidental, tanto que quase acertou os corintianos que estavam ao lado dele”, declarou o advogado.

O torcedor alega também que não houve revista na Bolívia e que os torcedores presos não sabiam de sua atitude. O advogado enviará as declarações e uma foto do menino na carteirinha da Gaviões para as autoridades bolivianas. Espera que a foto seja confrontada com imagens de TV para comprovar que ele foi o autor. Assim, o advogado acredita que conseguirá a liberação dos 12 que estão detidos.

Ao chegar no Brasil, o menor ouviu de sua mãe que ela o entregaria à Justiça, se ele não fizesse isso espontaneamente.

O garoto deve ser liberado após a confissão. Os bolivianos podem pedir sua extradição, mas as autoridades brasileiras não extraditam brasileiros.

Ainda de acordo com o advogado, faz cerca de dois anos que o garoto é membro da Gaviões. Ele estuda e trabalha.

12 torcedores corintianos foram presos na Bolívia, mas o garoto não estava nesse grupo. O jornal boliviano La Patria pulicou neste final de semana que dois desses torcedores seriam os responsáveis pelos disparos, enquanto os outros seriam cúmplices. Entretanto, o advogado da Gaviões afirma que foi o garoto de 17 anos que está aqui no Brasil o responsável. "Um segundo vídeo divulgado pela imprensa boliviana, que mostra com close a imagem do disparo, não deixa dúvidas de que o atirador é o garoto", disse Cabral. "Foi um disparo acidental", completou à Folha .

O Corinthians foi punido pela Conmebol pela morte de Kevin Espada e, como pena, ficará sem torcida nas partidas da Libertadores . A equipe diz que vai recorrer e já comentou a possibilidade de deixar a competição por achar a punição injusta.

As informações são do iG

Homens morrem afogados dentro de carro em Mimoso do Sul

Carro onde os dois homens estavam quando morreram afogados na represa
Dois homens morreram afogados na represa da Cachoeira das Garças, na localidade de Ponte do Itabapoana, em Mimoso do Sul, no Sul do Estado. O acidente aconteceu na ES-295 – KM 39, na madrugada neste sábado. O veículo em que estavam perdeu a direção em uma curva, caiu na água e ficou submerso. Os familiares só deram falta dos dois pela manhã.


Antônio Alves dos Santos, 57 anos, dirigia o Gol com placa GPR- 6670, da Serra, e Luís Roberto de Lima, 52 anos, estava no banco do carona no momento do acidente. O carro seguia no sentindo BR 101Sul X Mimoso do Sul. De acordo com populares que estavam no local e conheciam as vítimas, os dois haviam saído de um bar para buscar a sogra e a esposa de Antônio, que estariam chegando da Serra. Os dois estavam residindo em um assentamento sem terra, na região de Jacarandá.

O carro ficou submerso com teto no fundo da represa, que tem cerca de 3,5 metros de profundidade. As vítimas, segundo o Corpo de Bombeiros, tentaram sair do carro pelo porta-malas, mas não conseguiram. Para retirar o carro de dentro da represa foi necessário ajuda de um trator, o resgate durou cerca de uma hora. Populares ainda ajudaram a equipe da perícia a fazer a retirada dos corpos.

Ainda de acordo com a equipe do Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, houve dificuldade na retirada do veículo, pois havia muita lama no local. Além disso, foi preciso cortar toda a vegetação. Eles informaram ainda que o fato de o carro está com os vidros todos fechados impossibilitou a saída dos dois homens.

Família à espera

Segundo a vizinha dos dois homens, Maria de Fátima Martins, 45 anos, eles tinham saído na noite de sábado para encontrar com a esposa e a sogra de Antônio. Elas estariam chegando de viagem e os aguardaria no ponto de ônibus próximo ao local do acidente. Como ele não chegou as duas foram para casa de outra forma.

“A mulher do Tico (Luís) foi lá em casa hoje (ontem) de manhã e disse que eles não tinham voltado ainda. Ela até falou que havia o boato de que um carro caiu na repressa, mas eu disse a ela que não poderia ser os dois. Depois a gente acabou descobrindo que eram eles mesmos”, disse Maria de Fátima.

Os corpos foram encaminhados para o IML de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado.O trânsito no local ficou interditado durante a retirada do carro da repressa. Nenhum dos familiares das vítimas foram ao local do acidente.

Fonte: Gazeta Online

'Morta' acorda durante velório e morre de susto

Fagilyu Mukhametzyanov e o marido Fagili

Fagilyu Mukhametzyanov, de 49 anos, foi declarada morta pelos médicos que a atenderam após um ataque cardíaco sofrido em sua casa, na cidade de Kazã, na Rússia. A família, arrasada, preparou o funeral, mas, para surpresa de todos, Fagilyu acordou no meio do velório. 

Ao perceber onde estava, a mulher começou a gritar e sofreu um novo ataque. Só que dessa vez ela morreu de verdade. “Eu estou muito bravo e quero respostas. Ela não estava morta quando eles disseram que estava e eles poderiam ter salvo a vida dela”, declarou o inconformado (agora sim) viúvo, Fagili Mukhametzyanov.

Segundo ele, quando se deu conta de que estava em um caixão, a esposa teve uma crise e, depois dos gritos, seus olhos começaram a revirar e ela desmaiou. A mulher chegou a ser levada novamente ao hospital, mas os médicos não conseguiram reanimá-la. O porta voz do local, Minsalih Sahapov, diz que uma investigação para apontar os culpados já começou.


A “segunda vida” de Fagilyu durou apenas 12 minutos, segundo o jornal britânico Daily Mail.


Esta não é a primeira vez que um funeral teve uma reviravolta inesperada. Nos últimos anos, um homem apareceu vivo em seu próprio funeral no Brasil e um bebê prematuro declarado morto acordou antes de seu próprio funeral no Paraguai .

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Bolívia pede ao Brasil antecedentes de torcedores detidos do Corinthians

Bolívia pede ao Brasil antecedentes de torcedores detidos do Corinthians


LA PAZ — O Ministério Público boliviano solicitará ao Brasil, por meio da Interpol, os antecedentes criminais dos 12 torcedores do Corinthias detidos em Oruro sob acusação de autoria e cumplicidade na morte de um menino, durante jogo da Copa Libertadores entre o clube paulista e o boliviano San José, informou neste sábado a promotora Abigail Saba.
"Como são cidadãos brasileiros, estamos pedindo ao Brasil seus antecedentes penais, via Interpol", declarou Saba, que é a promotora encarregada da investigação sobre a morte de Kevin Beltrán, de 14 anos, na quarta-feira, durante o jogo disputado no estádio Jesús Bermúdez, na cidade andina de Oruro, 240 km ao sul de La Paz.
"O propósito de ter esta informação é termos um quadro mais preciso sobre quem são estes cidadãos brasileiros", explicou a promotora, em entrevista a vários meios de comunicação locais.
Emissoras e jornais bolivianos divulgaram a informação, com base em blogs brasileiros, de que os torcedores detidos pertenceriam à torcida organizada do 'Timão'.
Segundo a promotora, "os 12 brasileiros estão detidos na prisão San Pedro" da cidade de Oruro, "enquanto se termina de preparar a acusação para o julgamento e se acumulam todos os antecedentes necessários" para encaminhar o processo.
A integrante do Ministério Público afirmou, ainda, que os brasileiros Cleuter Barreto Barros e Leandro Silva de Oliveira são "autores de homicídio" por sua responsabilidade de disparar um sinalizador no estádio durante o jogo, que acabou atingindo o jovem Beltrán na cabeça, provocando a sua morte quase instantânea.
O incidente ocorreu quando os torcedores do Corinthians comemoravam o primeiro gol aos 6 minutos de jogo, marcado pelo peruano Paolo Guerrero, em partida que acabou empatada em 1-1, válida para o Grupo 5 da fase de grupos da Libertadores, integrado ainda pelo mexicano Tijuana e pelo colombiano Millonarios.
Na sexta-feira, Saba havia dito existirem evidências suficientes de que o sinalizador teria partido do setor onde estavam 300 torcedores do Corinthians e que após os interrogatórios policiais foram encontrados nas mochilas dos dois brasileiros artefatos usados e outros sem uso do mesmo tipo daquele que atingiu o adolescente.
Segundo a lei boliviana, o crime de homicídio prevê pena de 5 a 20 anos de prisão.
Junto com Barros e Oliveira, também estão detidos outros 10 brasileiros, acusados pela promotoria de "cumplicidade no homicídio", crime pelo qual correm o risco de ser condenados a até 5 anos de prisão cada um.
O jornal La Patria, de Oruro, divulgou os nomes dos outros 10 torcedores brasileiros detidos: Tadeu Macedo Andrade, Reynaldo Coelho, José Carlos da Silva Júnior, Marco Aurélio Nefeire, Daniel Silva de Oliveira, Hugo Nonato, Clever Sousa Clous, Fabio Neves Domingos, Rafael Machado Castillo e Tiago Aurélio dos Santos.
O incidente fez a Conmebol sancionar o Corinthians, atual campeão da Copa Libertadores da América, a disputar suas próximas partidas locais sem torcida e proibir a venda de ingressos pelo clube a seus torcedores em suas partidas internacionais.
O 'Timão' expressou, em um comunicado publicado na sexta-feira, que considerou a medida da Conmebol 'injusta' e que 'esgotará todos os recursos legais para reverter a decisão imposta', após declarar um dia antes luto de sete dias pela morte do torcedor boliviano.
O governo da Bolívia tomou conhecimento da situação e promove a aprovação de um decreto para proibir o uso de qualquer tipo de artefato explosivo em eventos esportivos, algo que até hoje é muito comum no país.

Folha


Filmada em cena quente em mar de Rio das Ostras se defende: 'Não transei'

Mulher filmada em praia de Rio das Ostras se defende: ‘Eu não transei’; veja o desabafo
Wanderlea dos Santos Silva, de 41 anos,
foi filmada no mar de Rio das Ostras 

A recepção inicial é fria. Na porta de casa, no Vale do Ipê, em Belford Roxo, Wanderlea dos Santos Silva, de 41 anos, reluta em falar sobre as cenas quentes que protagonizou no carnaval de Rio das Ostras ou do vídeo que correu a internet esta semana. Aos poucos, mais solta, ela revela: ‘Eu não transei’. Nas imagens acima, Wanderlea aproveita para se defender das críticas que vem recebendo na internet.

- Estou pensando em processar o Youtube se eles não tirarem essas imagens do ar. Eu já tenho um advogado, mas também posso procurar um defensor público, não sei ainda. Essa situação toda me causou muita dor de cabeça. Olhei os comentários do vídeo e até tinha bastante gente me defendendo, mas outros falavam muita bobagem.

É isso mesmo. Wanderlea tem um companheiro, Johne Max Geraldo dos Santos, de 38 anos (ou apenas Max). Os dois se relacionam há cerca de dois meses, mas foi justamente logo após o flagrante com outro homem que o casal passou a dividir o mesmo teto, dormindo lado a lado pelas últimas duas semanas.

— Eu mesma contei pra ele sobre isso tudo assim que voltei de viagem, antes de saber dessa coisa de vídeo — diz Wanderlea, que apenas ontem, em uma lan house, assistiu às cenas em questão: — Não transei com o rapaz. Acho que ele só disse na delegacia que fez para aparecer. A gente se beijou, foi bom e faria de novo, mas quem pode dizer se eu estava com o biquíni abaixado? Estão falando demais, e eu não devo nada a ninguém.

Já Max, surpreendido ao chegar do trabalho e encontrar a amada dando uma entrevista, parece realmente ter levado numa boa toda a situação. No entanto, embora não tenha hesitado em perdoar Wanderlea, o funcionário de uma transportadora preferiu não assistir ao vídeo. Afinal, o que os olhos não veem, o coração não sente (ou sente menos).

— Tem que entender, né. Gosto muito dela. E se veio me contar por conta própria, não tenho por que duvidar de nada. Eu confio — assegura.

Ontem, mais detalhes sobre a aventura em Rio das Ostras de Wanderlea, que é mãe de um casal de gêmeos de 9 anos, vieram à tona. Ela e o rapaz de 27 anos, auxiliar de serviços gerais na cidade do Norte Fluminense, se conheceram horas antes de entrarem juntos no mar, na sexta-feira anterior à folia. O mergulho caliente aconteceu depois de um bate-papo animado e algumas cervejas

Na noite de ontem, no aconchego do lar, Wanderlea conseguiu até brincar com o apelido que ameaça vingar: "Cicarelli de Rio das Ostras".

— Se fosse com o Max, eu com certeza teria chegado aos finalmente — garante.
Max, sorrindo, apenas concorda com a cabeça.
Wanderlea e o companheiro, Johne Max Geraldo dos Santos. Foto: Urbano Erbiste

Veja a entrevista com a dona de casa

O que aconteceu na praia?
Não aconteceu nada demais. Não mantive relações sexuais com ninguém dentro d'água. Fui com os meus filhos para a praia. Conheci um rapaz. Tomamos cerveja em frente à praia e depois fomos para a água. Ficamos conversando e rolou um beijo. Qual o problema se eu beijar alguém? Mas não transamos. Meus filhos estavam perto de mim.

Por que, então, você foi parar na delegacia?
A guarda me chamou e falou que eu tinha sido vista fazendo sexo. Falei: "Não estava fazendo isso". Chamaram uma conselheira tutelar, que ficou com os meus filhos. Fiquei quase três horas na delegacia. Pedi para fazer exame de corpo de delito para provar que não tinha transado.
Você veio para Rio das Ostras passar o carnaval?

Vim na quinta-feira (um dia antes do incidente na praia), para ver a minha filha mais velha, que tem 19 anos e mora na cidade. Moro em Belford Roxo, com os gêmeos (um casal de 9 anos). Não trabalho porque o pai deles paga pensão e prefere que eu fique em casa cuidando.

Como foram os dias após o episódio?
Fiquei com medo de voltar à praia e que as pessoas ficassem me olhando e apontam para mim. Me senti constrangida. Ia ficar uma semana, mas fui embora na segunda-feira. Acabou com o meu carnaval.

Você pretende tomar alguma providência?
Estou pensando em processar o Youtube se eles não tirarem essas imagens do ar. Eu já tenho um advogado, mas também posso procurar um defensor público, não sei ainda. Essa situação toda me causou muita dor de cabeça. Olhei os comentários do vídeo e até tinha bastante gente me defendendo, mas outros falavam muita bobagem.

Não viu o flagra? Dá uma conferida:



extra.globo.com

Morte do torcedor no jogo entre San José e Corinthians. Inquérito concluiu que ação foi premeditada

O inquérito policial de sete páginas assinado pela fiscal de investigação Abigail Sala revela o nome dos dois torcedores corintianos indiciados como autores do disparo de sinalizador que matou o garoto Kevin Douglas Beltrán Espada, de 14 anos, durante o jogo entre San José e Corinthians, quarta-feira, em Oruro. De acordo com o documento, os torcedores Cleuter Barreto Barros, de 24 anos, e Leandro Silva de Oliveira, conhecido como Soldado, de 21 anos, foram os responsáveis principais pelo acionamento do artefato que atingiu o menino morto.

O GLOBOESPORTE.COM teve acesso ao documento, que também diz que o disparo foi feito de forma premeditada, agravando a situação desses dois torcedores. Os outros dez vão responder como cúmplices de crime de homicídio.

De acordo com o documento, “um grupo de brasileiros que assistia à partida, de forma premeditada e com intenção de causar dano, dispara de forma direta um artefato explosivo contra o menor Kevin Douglas Beltrán Espada, de 14 anos, causando-lhe a morte”. O protocolo da autópsia confirma que a causa do óbito foi o traumatismo craniano causado pelo impacto de um projétil cilíndrico de plástico.


O depoimento do primo de Kevin, que estava com ele na partida, dá mais detalhes sobre o ocorrido. Jonathan Trujillo Beltrán afirma: “senti um golpe de vento que arrancou a peruca que eu estava utilizando, parei para ver o que havia ocorrido e vi meu primo estendido sobre uma grade com um objeto alojado em seu olho. Chegaram policiais, levamos rapidamente ao Hospital Obrero, e lá me disseram que meu primo havia falecido”.

Cleuter Barreto Barros foi preso com três sinalizadores, um deles de base amarela com tampa vermelha, de número de série idêntico ao artefato que atingiu Kevin. A marca do sinalizador é “Para Red Rocket MK8A”, modelo “Flare Signal HGS40 30000”. Já Leandro Silva de Oliveira foi encontrado com um sinalizador que não teve a marca identificada.

Em relação aos outros dez presos, a fiscal Abigail Saba firmou em documento que houve colaboração para que o autor do disparo e os restos do sinalizador fossem ocultados. De acordo com o inquérito, “há gravações em vídeo por vários canais de televisão que mostram os torcedores levantando uma bandeira, ocultando o disparo realizado e também os restos do projétil pirotécnico, que não são vendidos em todo o estado boliviano”.

Dessa forma, os 12 indiciados estão respondendo por homicídio. A lei boliviana prevê pena de 5 a 30 anos caso o delito seja intencional, e de 6 meses a 3 anos em caso de homicídio culposo, sem intenção de matar. Todos estão presos na Penitenciária de San Pedro, em Oruro, e aguardam julgamento de recurso para saberem se poderão responder às acusações em liberdade.

Fonte : g1.com